Como Fotografar Cascatas [Efeito véu de noiva]

Se é amante da natureza e de fotografia de certeza que já viu imagens de cursos de água e cascatas onde as águas parecem transformar-se em lindos mantos brancos.

Neste artigo ensinaremos como fotografar cascatas ou cursos de água e obter aquele que chamamos efeito véu de noiva.

Como Fotografar Cascatas – O efeito véu de noiva em fotografia

Noções Básicas

De forma a poder fazer fotografias de lindas cascatas ou cursos de água e obter o efeito de véu de noiva deverá entender alguns dos conceitos básicos em fotografia.

Por forma a efetuar estas imagens deverá entender e dominar o funcionamento do diafragma e do obturador do seu equipamento fotográfico.

O efeito de véu de noiva em fotografia não é, norma geral, obtido em modo automático, pelo que as condições necessárias para captar imagens com este efeito deverão ser forçadas em modo manual.

(Exemplo de imagem obtida em modo Automático)

A fotografia obtida em modo automático durante um dia normal de luz deixará a água com um aspeto estático como que parada no ar, pois o seu equipamento fotográfico estará a adaptar se a uma fotografia “normal”.

Condições para a abertura de diafragma e obturação

Dependendo da lente que está a usar e da quantidade de luz do local deverá usar regra geral aberturas elevadas [Diafragma o mais fechado possível], de forma a que possa usar velocidades de obturação lentas [Longas exposições].

O efeito de véu de noiva em fotografia é obtido, precisamente devido às velocidades lentas de obturação.

Aconselhamos para velocidades de obturação 1 a 4 segundos para uma imagem de cascata ou curso de água com um bom efeito véu de noiva.

Obviamente para estas velocidades de obturador a câmara deverá estar bem fixa num tripé.

Procure qual o valor de velocidade de obturação ideal para a sua imagem através de vários disparos e encontre o ideal para as condições de luz do local.

 

Caso não consiga obter o efeito desejado com a sua abertura mais elevada [Diafragma o mais fechado possível] devido a sobre exposições, então deverá recorrer á utilização de um filtro ND.

Para saber mais sobre estes filtros consulte o nosso artigo Técnicas de fotografia profissional [Efeitos Especiais], na secção Obturação Lenta.

Condições do Local

Conforme já foi aqui referido para obter fotografias de cascatas e cursos de água com efeitos de véu de noiva são necessárias longas exposições, pelo que locais de baixa a moderada luz são preferenciais.

Assim e tendo sempre em mente a composição fotográfica as suas regras e princípios deverá procurar efetuar o disparo da sua imagem nas horas em que a iluminação do local o ajuda a conseguir as condições ideais para a obturação lenta sem sobre expor a imagem.

Deverá também procurar locais ou alturas do ano em que a quantidade de água obriga a que esta se desloque o mais rápido possível visto a velocidade da água e sua turbulência potenciarem o efeito de véu de noiva de forma direta.

 

E então aprendeu sobre Como Fotografar Cascatas e Efeito de véu de noiva?

Deixe nos o seu comentário, é importante para nós!

Boas Fotos

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *