Siglas e Abreviaturas Usadas em Fotografia

Se trabalha com fotografia já se deparou com uma serie de siglas e abreviaturas que se utilizam em fotografia, seja nas lentes, nas maquinas fotográficas ou em artigos da área.

Neste artigo iniciamos também um breve glossário fotográfico de abreviaturas e Siglas que iremos atualizando ao longo do tempo.

Siglas e Abreviaturas

Nikon

Siglas e Abreviaturas Usadas em Fotografia

AI – Indexação de abertura [ Aperture Indexing ]

É um sistema que permite que as lentes se comunicarem com a câmara através de um contacto mecânico.

Neste sistema lente informa ao corpo os valores de abertura.

O ajuste de abertura é manual, mas é realizada ao girarmos um botão no corpo do equipamento, e não pelo anel de abertura que outras lentes utilizam.

Este sistema foi lançado pela Nikon em 1977.

AI-S – Indexação de abertura [ Aperture Indexing ]

Básica mente o mesmo que o anterior tópico, mas com a adição de novos recursos, como modo programado para velocidade de disparo e transmissão de abertura linear.

Foi lançado em 1982 eé uma variação das lentes AI para o mount F da Nikon.

AF – Foco Automático [ Auto Focus ]

Esta sigla é usada em lentes preparadas para fazer foco automático, mas que não possuem o motor necessário para isso dentro delas.

Para usar estas lentes o motor de auto focagem deverá estar no corpo da câmara.

Por exemplo, se usar este tipo de lente numa D90, D7000 ou superior, o equipamento efectuará a focagem automaticamente, ao segurar o disparador pela metade.

Mas, se utilizar a lente numa D3000, D5000 ou suas sucessoras D3100 D3200… e D5100, ela não realizará focagem automática, pois estes equipamentos não possuem motor interno, este tipo de lente pode no entanto ser utilizada em modo manual.

Este sistema de lente foi lançado em em 1991.

AF-S – Motor de Auto Foco Incorporado [ Build in Auto Focus Motor ]

Lançado em 1996, este sistema de lentes possui motor de auto focagem embutido.

Este sistema de focagem é mais rápido e silencioso do que as lentes AF.

Este sistema não possui anel abertura mecânico, quando este tipo de lente é usados em câmaras mais antigas trabalham sempre em sua abertura menor.

AF-D
Uma variação de lentes Nikon auto foco “mount F”.

AF-G
Lentes controladas eletronicamente, não apresentam anéis no tambor.

Os ajustes são feitos no corpo da câmara, e desde modo não podem ser usadas em câmaras muito antigas e que não suportem este sistema.

D/G – Informações de Distância [ Distance Information ]

Estas lentes informam a distância entre a elas e o que fotografa.

Esta tecnologia permitiu avanços na fotometria matricial 3D e no sensor de flash, permitindo que o flash pudesse efetuar uma iluminação mais correta e equilibrada do assunto.

DX – Para corpos de DSLR com fator de corte

São lentes desenvolvidas exclusivamente para câmaras digitais DSLR da Nikon, que levam em consideração seu fator de corte.

Neste tipo de equipamentos a área do sensor digital é menor que a de um frame de filme 35mm, pelo que era necessário adaptar as lentes tradicionais de forma a otimizar a luz que entra na câmara.

As lentes DX são projetadas para a luz se enquadrar com mais perfeição ao sensor da câmara e por essa razão elas não podem ser usadas em câmaras fullframe, que irão captar as bordas da lente nas fotos.

Este tipo de lente foi criada para câmaras como D90, D7000, D3100, D5100, D300 etc.

FX – Para corpos padrão 35mm

São lentes projetadas para frames de 35mm, nas câmeras 35mm AF e digitais DSLR da Nikon, como D3x, D700, entre outras.

ED – Elemento ótico extra de baixa dispersão [Extra Low Dispersion Glass ]

As lentes ED possuem um ganho em nitidez e cor.

São lentes construídas com elementos óticos de melhor qualidade e estes são encontrados nas lentes mais caras da Nikon.

Estas lentes possuem os benefícios das lentes feitas a partir de cálcio fluorite, porém, são mais resistentes.

ASF – Aspherical Lens Elements – Elementos de lente asféricos

Nas lentes comuns, os elementos óticos são esféricos, causando distorções de ângulos e cores, chamadas “aberrações esféricas”.

As lentes asféricas efetuam correção essas distorções, especialmente em grandes-angulares.

CRC – Sistema de correção de Variedade de Foco [ Close-Range Correction System ]

Este sistem é encontrado em lentes olho-de-peixe e grandes angulares, macros e tele objetivas Nikkor.

Este sistema serve para promover uma qualidade superior na focagem em distâncias muito próximas e grandes distâncias.

IF – Focagem interna [Internal Focusing ]

Lentes IF fazem a focagem sem alterar o tamanho da lente. Os movimentos óticos da lente são feitos no seu interior permitindo assim uma lente mais leve e compacta.

Este tipo de lente permite realizar uma focagem mais rápidamente.

DC – Lente de Controle de Desfocagem [Defocus Control Lens ]

Estas lentes permitem o fotógrafo controlar o grau de aberração esférica no primeiro plano ou no plano de fundo.

Com elas poderá acentuar a área desfocada girado o anel DC da lente.

Elas são ideais para destacar a pessoa fotografada num retrato, por exemplo.

RF – Focagem traseira [ Rear Focusing ]

Neste tipo de lentes RF, apenas os elementos traseiros se movem durante a focagem, conseguindo se assim mais velocidade durante a auto focagem.

VR – Redutor de Vibração [ Vibration Reduction]

Este sistema diminui o efeito do tremor das câmaras em fotos de baixa velocidade.

A lente consegue identificar a tremida do fotógrafo e, através de motores internos, corrige isso.

Permitem fotos mais nítidas e é extremamente útil quando se fotografa em ambientes escuros, já que permite trabalhar abaixo da velocidade recomendada,

É também extremamente útil em fotografias com teleobjetiva, em que a distancia amplifica o tremor do fotografo

As Lentes VR são mais caras que as comuns.

Canon

 

FD – Focagem Manual [ Manual Focus ]

Lentes FD são as lentes de foco manual da Canon.

Estas trabalham com um sistema de pinos e alavancas mecânicos que transmitem as informações de abertura para o corpo da câmera.

Por serem mecânicas não podem ser usadas de forma direta em câmeras da linha EOS, é preciso um adaptador.

EF – Focagem Eletrónica [ Electro Focus ]

EF é um sistema eletrónico de transmissão de informações da lente para o corpo do equipamento, foi feito exclusivamente para o sistema EOS.

O sistem trouxe uma série de inovações, desderedução de ruídos, maior precisão e rapidez na focagem e controlo eletrônico da abertura do diafragma.

O microchip localizado na lente, informa se algo não está funcionando correctamente.

Estas lentes só podem ser utilizadas na linha EOS, têm diâmetro interno de 54mm e externo de 65mm e são identificadas com um ponto vermelho próximo ao mount de encaixe ao corpo.

Este sistema foi criado pela Canon em 1987

EF-S – Foco Eletrónico Curto Posterior [ Electro Focus Short Back Focus ]

Estas lentes foram projetadas para a linha EOS de câmaras digitais equipadas com sensores APS-C.

Elas foram feitas para sensores menores que o frame de 35mm, por isso, não podem ser utilizadas em câmeras full frame.

São mais compactas e possuem menos elementos óticos assim como uma distância focal posterior mais curta em relação ao posicionamento do sensor APS-C.

Elas são identificadas por um ponto quadrado branco localizado próximo ao encaixe do mount.

EOS – Sistema eletro-ótico [ Electro-Optical System ]

Sistema de Câmeras DSLR da Canon em conjunto com seis assessórios foram lançados em 1987.

Estas lentes são controladas eletronicamente, sem dispositivos mecânicos para ajuste de foco ou abertura.

UD – Elemento de Dispersão Ultra Baixo [ Ultra Low-Dispersion Glass ]

Estes elementos de lente possuem cristais com um índice de refração menor que o de cristais comuns, permitindo fotografias com cores mais verdadeiras.

L

As lentes L da Canon, são as lentes top desta marca.

São produzidas com os melhores elementos e as mais profissionais da Canon.

Seus elementos óticos são construídos com elementos asféricos e com tratamento apocromático e anti-reflexivo de cristais UD, S-UD ou fluorita.

Elas têm foco e retrofoco de última geração, fazendo com que a focagem automática seja mais rápida.

Nestas lentes mesmo com o autofoco ligado, o fotógrafo pode focar manualmente.

Existem duas explicações para o L dessa linha, diz-se que o L que significa Low-Dispersion (baixa dispersão) e noutra versão diz-se que significa Luxury (Luxo), parece nos que ambas são verdade.

DO – Diffractive Optics – Ótica Difrativa

Esta tecnologia permite lentes menores e com uma melhor correção das aberração cromáticas, sem comprometer a qualidade da imagem.

Seus elementos óticos trabalham em conjunto, para diminuir as distorções nas fotografias.

A qualidade obtida nestas lentes é tão boa, que esta linha rivaliza com algumas lentes da série L, sendo estas mais baratas.

USM – Ultrasonic Motor – Motor Ultrassônico

São lentes que trabalham com motores ultrassónicos e que realizam movimentos induzidos por vibração de alta frequência na realização do foco automático.

Estas focalizam de forma bastante rápida e praticamente sem ruído de funcionamento.

As mais caras desta linha também chamadas FTM (Full-time Manual), permitem o foco manual em todas as condições.

Já as mais baratas, não suportam o sistema FTM.

Geralmente, as lentes USM são da linha L, mas as que não pertencem a essa linha, são identificadas por uma faixa dourada no final do corpo.

IS – Estabilizador de Imagem [ Image Stabilization ]

Estas lentes permitem fotografar em velocidades baixas, diminuindo o efeito da vibração nas imagens.

Estabilizam a imagem a partir de sensores que identificam o tremor e movem pequenos motores, para deslocar a projeção da imagem, compensandoa vibração.

Permitem fotos mais nítidas e é extremamente útil quando se fotografa em ambientes escuros, já que permite trabalhar abaixo da velocidade recomendada,

É também extremamente útil em fotografias com teleobjetiva, em que a distancia amplifica o tremor do fotografo

TS-E – Tilt Shift Lens

As lentes TS-E corrigem as distorções criadas por exemplo pelas grandes angulares nas bordas das fotografias, assim como permitem corrir planos de foco em macro fotografia. Veja por exemplo o nosso artigo Tudo sobre lentes Macro onde abordamos esse assunto.

Com essas lentes, o fotógrafo controla em que ângulo vão estar os planos que limitam a profundidade de campo.

Sigma

 

ASP – Objetiva com elemento asférico [ Aspherical ]

Nas lentes comuns, os elementos óticos são esféricos, causando distorções de ângulos e cores, chamadas “aberrações esféricas”.

As lentes asféricas efetuam correção essas distorções, especialmente em grandes-angulares.

APO Objetiva com design apocromático [ Apochromatic ]

Estas são fabricadas com cristais SLD, que baixa a dispersão para diminuir a aberração cromática.

IF/RF (Internal Focusing/Rear Focusing):

Foco interno e retro foco, como o sistema de outras marcas.

HSM – Motor hiper-sónico [ Hyper Sonic Motor ]

Motor que movimenta a autofocagem

UC – Objetiva ultracompacta [ Ultra Compact ]

Lente fabricada de forma compacta pequena e leve.

DL – De luxo [ De Luxe ]

Estas objetivas são efectuadas com acabamento especial e um preço atraente.

DF – Foco de duas formas [ Dual Focus ]

Este sistema permite a correção do foco automático manualmente.

HF – Foco helicoidal [ Helical Focus ]

Foco em de forma espiral, este sistema elimina a rotação da lente frontal durante foco.

EX – [ Excellence ]

Esta sigla define o segmento de objectiva profissiona na marca.

HSM – Motor hiper-sónico[ Hyper Sonic Motor]

Motor hiper-sónico que movimenta o autofoco.

São lentes que trabalham com motores ultrassónicos e que realizam movimentos induzidos por vibração de alta frequência na realização do foco automático.

Estas focalizam de forma bastante rápida e praticamente sem ruído de funcionamento.

DG

São objetivas de aberturas grandes, com angulações e distâncias focais curtas.

Têm bastante iluminação periférica e são ideais para câmeras DSLR, podem noentanto ser usadas nas câmaras antigasde filme.

DC

São objetivas especiais feitas para que a imagem encaixe no sensor APS-C da maioria das câmeras DSLR.

A sua construção é leve e compacta.

Outras Marcas

Por estes assuntos se repetirem mas com siglas diferentes passamos a resumir a explicação das siglas em outras marcas como Tamron, Minolta e Pentax.

Tamron

ASL (Aspherical Lens): Maximizam a qualidade óptica, minimizando o número de componentes e, consequentemente, tamanho e peso das mesmas. Evitam distorções nas bordas.

LD (Low Dispersion): Diminui a aberração cromática. É semelhante a Nikon ED, a Canon UD e a Sigma APO.

DI: Objetivas otimizadas para as DSLR. Melhoram a distribuição de luz. Podem ser usadas em câmaras antigas de filme e são semelhantes à Sigma DG.

DI-II: Desenhadas exclusivamente para as DSLR com sensores de tamanho APS-C. Menores e mais baratas. Não servem para as DSLR Full Frame. Semelhantes as Nikon DX e as Sigma DC.

IF (Internal Focusing): Foco interno. Não modifica o tamanho externo da objetiva durante o foco.

XR (Extra Refractive Index Glass): O XR aperfeiçoa a distribuição geral da óptica do equipamento e também reduz s aberrações para um mínimo absoluto. O posicionamento adequado de dois elementos híbridos esféricos mantém a performance da imagem, e diminui e comprime o sistema óptico inteiro.

SP (Super Performance): Série de objetivas de alta performance, indicadas para uso profissional. Similar as Canon L e as Sigma EX.

Pentax

AL – Aspherical: Objetiva com elemento asférico.

ED: Objetiva com elemento ótico de baixíssima dispersão de luz.

IF : Internal Focusing, ou foco interno, como o sistema de outras marcas.

FA : Objetiva autofocus.

Minolta

AF : Objetiva autofocus.

APO : Define uma objetiva apocromática, com elementos óticos para que haja menor aberração cromática.

G – São as objetivas especiais da marca, com maior abertura e alto desempenho.

Glossário / Abreviaturas

A

A = Prioridade à abertura, escolhe-mos o valor da abertura (f) e camera define a velocidade do obturador (v)
ACR = Adobe Camera Raw, conversor RAW da Adobe Photoshop.
ADI = Advanced Distance Integration.
AE = Automatic exposure
AEB = Auto Exposure Bracketing, tira várias fotos com pequenas variações nos valores de exposição.
AEL = Automatic exposure lock, pressionando o botão AEL da presente exposição, pode voltar a enquadrar e manter a mesma exposição
AF = Auto Focus
AF-S = (a) single-shot AF, (b) Lentes Nikon com motor SWM
AF-C = continuous AF – usado para fotografar motivos em movimento
AF-A = automatic AF – o AF muda automáticamente entre AF-S e AF-C dependendo do movimento do motivo
APEX = Additive System of Photographic Exposure
APS = Advanced Photo System
APS-C = Advanced Photo System, classic format (23,4 x 16,7). basicamente o mesmo tamanho dos sensores com factor de corte (cropped) 1.5x.
aRGB = Adobe RGB
ARW = Alpha RAW – Formato RAW da Sony
AS = tecnologia Anti-Shake da Minolta, ver SSS para a versão Sony
ASA = American Standards Authority – na fotografia, sensibilidade do sensor/film à luz (mais usado no filme)
Av = Valor da abertura no sistema APEX
AWB = Automatic White Balance

B

B = Bulb, setting da camera que permite longas exposições por tempo infinito
B/W = Black and white
BF = back focus – (a) distância do elemento traseiro da lente até ao plano imaginário do ponto de focagem; (b) focagem feita antes do motivo; erro de calibração do autofocus que acaba por originar BF
Bokeh = qualidade e aspecto do OOF
Bv = brightness value no sistema APEX

C

CA = Chromatic Aberration, halos coloridos mto finos em redor de zonas contrastantes numa foto, varia com o design de cada lente
CCD = Charge Coupled Device, um tipo de sensor de imagem usado em cameras fotográficas.
CF = Compact Flash, um tipo de memódia flash, o mais usado nas DSLR.
CMOS = Complementary Metal Oxide Semiconductor. Tipo de sensor de imagem usado em cameras fotográficas.
CPL = polarizador circular (PL-CIR)
cRAW = Compressed RAW file
CS = Adobe Photoshop Creative Suite
CYMK = Cyan, Yellow magenta & Black – colour system for printing
CWB = Custom White Balance
CZ = Carl Zeiss

D

DIN = Deutsche Industrie Normen, o equivalente germanico do ISO
DIY = Do it yourself
DNG = o formato universal RAW da Adobe.
DOF = Depth of Field, o mesmo que PdC
DPI = dots per inch, unidade de resolução. muito usado nas impressoras.
DPOF = Digital Print Order Format
DR = Dynamic Range, latitude de exposição de uma fotografia
DRO = Dynamic Range Optimization
DSLR = Digital SLR
DX = formato de imagem da nikon correspondente ao tamanho APS-C

E

Ev = Exposure Value – um valor numa escala logaritmica obtido apartir da combinação dos valores abertura/velocidade
EVF = Electronic Viewfinder
EXIF = Exchangeable Image File Format, metadata contida nos ficheiros de imagem (fotos) com a informação dos settings e material utilizados na mesma

F

F-Stop = ou F, designação numérica para o tamanho da abertura do diafragma
FF = Full Frame
FF = front focus, relacionado com BF
FL = Focal Length
FOV = Field of View
FPS = Focal Plane Shutter
FPS = Frames Per Second
FX = Formato digital da nikon correspondente so tamanho de filme 35mm (FF)

G

GN = Guide Number, designação da potência do flash. GN = ‘f-stop’ x ‘distância do motivo’.
GUI = graphic user interface

H

HDR = High dynamic range
High Key = imagem que consite basicamente em tons claros, alguns médios e mto poucos tons escuros ou sombras
HSS = High Speed Synchronisation, permite usar o flash para além da velocidade de sincronização

I

IQ = Image Quality
IR = Infra-red, infra-vermelho
ISO = International Standards Organization, na fotografia utiliza-se como unidade de sensibilidade à luz (corresponde ao ASA usado no filme)

J

JPEG = Joint Photographic Experts Group, formato de ficheiro de imagem comprimido mais usado

K

K = kelvin, unidade de temperatura, usada para medir a cor da luz (ver WB)

L

LBA = Lens Buying Addiction
LF = Large format
Low Key = uma imagem composta principalmente por muitos tons escuros e médios e muito poucas zonas com tons claros
lp/mm = line pairs per milimeter. usado nos calculos MTF
LR = Lightroom

M

M = Manual
MD = Motordrive
MD = MicroDrive
MF = Manual focus
MF = Médio Formato
MLU = Mirror Lock Up
MP = MegaPixel
MRW = Formato RAW da (Konica) Minolta
MS = Memory Stick
MTF = Modulation Transfer Function, usado para verificar o sharpness duma lente
MX = formato de imagem digital de médio formato da Nikon

N

ND = Neutral density, um filtro que diminui a entrada de luz presente
NEF = formato RAW da Nikon
NR = Noise Reduction

O

OP = Exclusivismo do fórum que significa Original Poster ou o Membro que iniciou o tópico
OOF = Out of focus, desfocado
OVF = Optical viewfinder. visor optico

P

P = Program, um setting da camera de exposição semi-automática
P&B = Preto e branco
P&S = Point and shoot
PC = Perspective Control
PdC = Profundidade de Campo
PF = Plastic Fantastic, Nickname para as Cosina/Phoenix/Vivitar 100mm/f3.5 macro
PF = Purple fringing
PL-CIR = PLC, Polarisador circular
PM = Private Message (no forum)
PNG = Formato de imagem digital em ficheiro lossless (sem perdas) ou lossy (com perdas). Concorrente directo à norma JPEG2000.
PP = Pós Produção
PPI = points per inch, unidade de resolução
PRE = Preset White Balance
PRIME = Objectiva com distancia focal fixa.
PS = Photoshop
PSD = proprietary file format do Adobe Photoshop
PSE = Adobe Photoshop Elements, um software de edição de imagem
PSP = Paint Shop Pro
PWB = Preset White Balance

Q

QI = qualidade de imagem

R

RAW = nome comum que se dá aos ficheiros “crus” capturados pela máquina, sem qualquer forma de compressão, cada marca tem uma denominação própria para os seus ficheiros RAW (ex: ARW – sao os ficheiros raw da SONY)
RF = Rangefinder
RF = Reflex, um tipo de lentes que usa espelhos na sua construção óptica
RF = Radio Frequencia, quando se fala de transmissões sem fios, nomeadamente comandos sem fios, disparadores wireless, etc.
RGB = Red, Blue, Green

S

S = é o setting da máquina de prioridade ao obturador
SD = Secure Digital, um tipo de cartão de memória flash, muito utilizado nas compactas.
SDHC = Secure digital high capacity, cartão de memória SD com capacidade para mais de 4GB
SLR = Single Lens Reflex, um tipo de camera que tem um visor TTL e a possibilidade de poder trocar de objectivas
sRGB = standard RGB
SSS = SuperSteadyShot, estabilização anti-vibrações, no corpo, da Sony (AS na minolta)
SSWF = Super Sonic Wave Filter, sistema anti-pó da Olympus
Sv = Valor da velocidade no sistema APEX

T

T/S = Tilt / Shift
TC = Teleconversor
TELE = Teleobjectiva
TIFF = um formato de ficheiro de image
TLR = Twin Lens Reflex
TTL = Through The Lens, através das lentes
Tv = valor de tempo no sistema APEX

U

UGA = nickname atribuido às ultra-angulares (ex: sigma 10-20)
USM = Unsharp Mask
UV = Ultra Violet
UWA = Ultra Wide Angle, o mesmo que UGA mas em inglês.

V

VC = Vertical Control grip
VG = Vertical grip, punho vertical

W

WB = White Balance, balanço de brancos

X

xD = xD card, um dos vários tipos de cartão de memória

Y

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Z
ZOOM = (a) Objectiva com distancia focal variável

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *